Terça, 13 Junho 2017 19:49

Caravana para doação de sangue será no dia 24 de junho

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

 

Hoje, 14 de junho, é comemorado o Dia Mundial do Doador de Sangue, que tem como objetivo homenagear e agradecer todos os doadores que ajudam a salvar vidas diariamente. Para comemorar esta importante data, a vereadora Deyse Serapião promoverá a “Caravana da vida: salvando vidas, gota a gota”, que levará garcenses para doar sangue no Hemocentro de Marília.

Todos os dias acontecem centenas de acidentes, cirurgias e queimaduras violentas, que exigem transfusão, além de que existem doenças em que seus portadores também necessitam de transfusões de sangue ou de seus derivados, como hemofilia, leucemias e alguns tipos de anemias. Isso leva à necessidade da doação de sangue de outras pessoas.

O procedimento é rápido e realizado por profissionais capacitados, sob a supervisão médica e de enfermagem, garantindo assim o bem estar do doador. A data serve para agradecer aos doadores, além de lembrar a importância do ato. A vereadora, que há 25 anos trabalha no Hemocentro de Marília, destacou a importância da doação e da campanha que será realizada.

“Convoco à todos para inserir no seu cotidiano a prática da doação de sangue. É preciso incentivar a população para aumentar a participação na doação voluntária e contínua. Quem precisa de sangue sabe o quanto este gesto é fundamental para salvar vidas. Doar sangue significa esperança para muitos pacientes continuarem vivendo”, destacou Deyse Serapião.

A “Caravana da vida” será realizada no dia 24 de junho. Um ônibus estará disponível para os garcenses, com saída às 7h, do Paço Municipal. Trata-se de uma iniciativa da vereadora Deyse Serapião, em parceria com o prefeito João Carlos dos Santos, por meio da Secretaria da Saúde da Prefeitura de Garça e do Hemocentro de Marília.

Atualmente, os hemocentros encontram-se com os estoques no limite, apresentando dificuldades na manutenção dos mesmos, necessitando assim de mais doadores. É fundamental fazer essa manutenção e ampliação permanente das doações. Para doar sangue, é requisito básico não estar usando medicamentos, ter entre 16 e 69 anos, pesar acima de 50 quilos e ter dormido pelo menos seis horas, com qualidade, na noite anterior.

O doador não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas anteriores a doação, evitar fumar duas horas antes da doação, não ter feito tatuagem, piercing ou maquiagem definitiva há 12 meses. É preciso ir ao hemocentro com um documento oficial com fotografia, como o RG. Existe a necessidade de 60 doadores por dia, sendo que de 5 a 9 de junho, a média foi de 51 doadores por dia, abaixo do aguardado.

“O Dia Mundial do Doador de Sangue é uma possibilidade para enfatizar mais uma vez porque é essencial que a doação seja altruísta e que haja doadores regulares, para garantir a provisão de sangue seguro para todos os pacientes que precisam de transfusões. Essa data também serve para agradecer aos doadores. Venha fazer a diferença. Participe dessa campanha solidária”, afirmou a engajada vereadora.

É importante destacar que existem alguns tipos de doações, como as espontâneas, feitas de modo altruísta, com atitude solidária para ajudar o próximo; doações vinculadas a um paciente específico ou ainda as doações autólogas, feitas para si próprio. Homens podem realizar quatro doações por ano, enquanto para as mulheres é permitido apenas três doações a cada 12 meses.