Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Garça, Terça-feira, 02 de Junho de 2020 Telefone (14) 3407-6600

Atendimento Atendimento: De Segunda a Sexta das 8:00 às 17:00 Horas

Ter
02/06
23 °C
16 °C
Índice UV
6.0
Quar
03/06
23 °C
16 °C
Índice UV
6.0
Quin
04/06
26 °C
14 °C
Índice UV
6.0
Sext
05/06
25 °C
19 °C
Índice UV
6.0

Saúde - Quinta-feira, 21 de Maio de 2020

Notícias por Categoria

Garça está entre 125 municípios paulistas sem problemas na prestação de contas da covid-19


Garça está entre 125 municípios paulistas sem problemas na prestação de contas da covid-19

O TCESP – Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – está cobrando dos Prefeitos transparência quanto à prestação de contas dos recursos que são investidos no combate à covid-19. 

Ao todo são fiscalizados 644 municípios. Destes, 519 ou deixaram de prestar contas (198) ou o fizeram de modo inadequado (320), desde que foi decretado estado de calamidade pública no estado de São Paulo. 

Garça não figura em nenhuma das duas relações, o que comprova a eficiência e a transparência na atual administração. “Isto acontece desde que assumimos nosso mandato em 2017. É um compromisso desta administração. Nossa equipe trabalha incansavelmente para ser o mais transparente possível. Temos o portal da transparência em nosso site oficial e também disponibilizamos, na primeira página do site, o link para acesso às informações da covid-19. É só clicar no ícone e na sequência, transparência. Na tela seguinte, clique no símbolo da covid-19 e as opções vão aparecer para consulta”, explicou o Prefeito João Carlos dos Santos.

Para os municípios que estão com problemas foi concedido um prazo de 15 dias para que os gestores adotem medidas de transparência e providências necessárias para dar publicidade e acesso público aos recursos empregados no combate à pandemia.

Segundo informado pelo Presidente do TCESP, Conselheiro Edgard Camargo Rodrigues, os gestores que não cumprirem as regras e orientações da Corte de Contas estarão sujeitos a pagar valores indenizatórios que podem chegar a 2 mil UFESPs (valor equivalente a R$ 55.220,00), dentre outras sanções administrativas.

Para conhecer a relação dos municípios que não cumpriram integralmente o comunicado do TCESP, clique aqui.

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

Conheça Garça

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!