Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
21
21 DEZ 2017
SERVIÇOS URBANOS
50 visualizações
Nova coordenação do cemitério municipal Santa Faustina mostra resultados positivos
enviar para um amigo
receba notícias

Faltando 10 dias para o fim de 2017, o trabalho dos servidores públicos não para e está em todos os setores da cidade.

Normalmente, o cemitério tem bastante evidência no dia de finados. É nesta época que a organização do local é mais exigida e notada. Mas os cuidados devem ser mantidos durante todo o ano.

Mostramos a diferença no serviço que era oferecido em 2016 e o que está sendo oferecido agora, no final de 2017. Ao assumir o local, segundo o coordenador de controle e avaliação, Saulo Vieira de Lima, havia uma situação de extrema tristeza e com tanto problemas que era difícil saber por onde começar o trabalho. Os problemas se estendiam do operacional ao administrativo e o cemitério estava em estado de total abandono, tomado pelo mato e sujeira (veja as fotos), com equipamentos sucateados e até mesmo a falta de ferramentas básicas pra as tarefas diárias, sem falar na desorganização e na falta de sinalização de sepulturas, quadras e vias internas.

Depois de um ano de trabalho a situação é completamente outra. Na limpeza o controle é feito por setor, oferecendo maior eficiência na capinação e até evitando que existam possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue e da febre amarela, o Aedes aegypti.

Uma grande parceira da nova coordenação é a secretaria de serviços públicos, oferecendo apoio ao cemitério com mutirões de limpeza periódicos.

E as novidades não param por aí. Também foi feita uma nova sinalização das quadras (a anterior quase não existia mais) com placas dando nome às vias internas para uma melhor localização das sepulturas, uma parceria com as funerárias Bom Pastor e Santa Cruz. Um novo cruzeiro foi construído; o antigo não tinha mais condições de uso. Uma barraca para a preservação da área de abertura das sepulturas em dias de chuva foi adquirida (veja fotos).

Algumas árvores entre os túmulos foram erradicadas, já que ameaçavam cair e outras ainda estão em análise pela secretaria de agricultura e meio ambiente.

Houve a substituição do sistema de cadastro de sepultados e concessionários por outro mais completo, que permitirá mapear todas as quadras e que trará mais precisão nas consultas e localização de sepulturas e sepultados. Tão logo este trabalho esteja concluído será disponibilizado para consulta online, via internet. Para a definição das informações que estarão disponíveis online foi realizada uma pesquisa que indicou a  localização física da sepultura, datas de nascimento e falecimento e a nacionalidade como informações mais relevantes. A informação da localização física trará mais comodidade ao visitante que poderá vir da sua casa já com o endereço da sepultura em mãos.

A nacionalidade é um dado muito importante. Não são poucas as pessoas que procuram a nacionalidade de seus antepassados a fim de conseguirem visto para outros países.

Já está pronto o projeto e o local do jazigo municipal, que trará mais dignidade aos sepultamentos das pessoas carentes e indigentes, não sendo mais necessário a abertura de valas e concentrando-os em um único local que contará com uma galeria de gavetas e um ossuário de acordo com a demanda do município.

Outro problema que foi enfrentado pela nova coordenação foi a falta de leis ou normativas que regulamentam o funcionamento do cemitério. Uma pesquisa foi realizada pelos cemitérios do país e, com base nesta pesquisa, um conjunto de leis foi elaborada de acordo com as necessidades do cemitério Santa Faustina (decreto nº 8.591/2017), o que permitiu organizar, por exemplo, os serviços de reforma e construção dentro das dependências. Agora todo profissional que for efetuar qualquer reforma de sepultura e ou construção no cemitério estará responsável pela limpeza dos restos do trabalho realizado. Também foi regulamentada a questão dos túmulos abandonados que a partir do ano que vem será cobrado do concessionário a manutenção e a limpeza do mesmo, já que há quadras em que mais de 50% dos túmulos estão em total abandono contribuindo para o aparecimento de animais peçonhentos. Se o abandono persistir, poderá acarretar até mesmo a perda da concessão.

Encerramos o ano de 2017 com a consciência tranquila de que trabalhamos com muito amor e dedicação e esperamos que em 2018 possamos avançar em qualidade e organização até atingir nossos objetivos que é tornar o nosso querido ?Santa Faustina? em uma referência regional.

 

SECOM ? Secretaria de comunicação

Galerias de Fotos Vinculadas
21/12/2017
Nova coordenação do cemitério municipal Santa Faustina mostra resultados positivos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia