Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
24
24 JUN 2021
325 visualizações
SAAE recebe a melhor pontuação dos projetos aprovados pelo Fehidro
Autarquia conquistou cerca R$ 1 milhão para obras de melhoria na eficiência da ETE Peixe
O Projeto para obras de melhoria da eficiência da Estação de Tratamento do Rio do Peixe, encaminhado pelo Serviço Autônomo de Águas e Esgotos de Garça – SAAE para validação junto ao Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO) obteve a maior pontuação no processo de habilitação e aprovação. Ao todo, 15 projetos foram apresentados por municípios que integram o Comitê das Bacia Hidrográficas do Aguapeí e Peixe.
Com 58,54% dos pontos recebidos, o SAAE foi contemplado com R$ 995.661,96, para obra de dragagem e desidratação pelo método de contenção em tubos geotêxteis do lodo da lagoa aerada e de decantação da ETE PEIXE. Deste valor, R$ 29.869,86 será a contrapartida do SAAE. Importante destacar que a ETE Peixe é responsável pelo tratamento de 53% do esgoto de Garça e, que melhorar a eficiência total do sistema é uma das prioridades da autarquia. 
Com a adoção do processo de remoção do lodo, o material existente na ETE Peixe será dragado e bombeado para dentro dos bags que irão funcionar como “filtros”, onde a parte líquida é drenada e retorna para o tratamento e a parte sólida fica retida para posterior destinação correta, seja em aterro sanitário ou transformado em adubo, a exemplo do sistema adotado na ETE Tibiriçá e que já apresentou eficiência superior à esperada e projetada junto ao FEHIDRO.
“Obter a maior pontuação e sermos contemplados com recursos próximos a um milhão de reais, valida a capacidade de nossos profissionais em apresentar projetos técnicos, seja para melhorias na captação de água, como na eficiência do tratamento do esgoto. E, falar de esgoto é falar de saúde pública e ambiental. A previsão é de que as obras tenham início já no início do ano que vem”, explicou o diretor do SAAE, André Pazzini Bomfim.
Levantamento apresentado pela Agência Nacional de Águas (ANA) e da Secretaria Nacional de Saneamento, revela que no Brasil 27% da população brasileira não é atendida pelo sistema de coleta e de tratamento do esgoto. Além disso, 18% têm seu esgoto coletado, mas não tratado. Em Garça os percentuais revelam a preocupação constante do SAAE, no que diz respeito ao esgoto; 99,6% são coletados e tratados. (Assessoria de Gabinete/SAAE)
 
 
Autor: Ana Lucia Bez
Local: Secom
Seta
Versão do Sistema: 3.1.5 - 04/10/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia