Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
24
24 AGO 2021
ASSISTÊNCIA SOCIAL
425 visualizações
Garça envia representantes para lançamento em São Paulo do projeto Casa da Mulher
PROCESSANDO ÁUDIO
Objetivo é capacitação e acolhimento das mulheres do estado
Foi lançado em São Paulo na segunda-feira, 23 de agosto, o projeto Casa da Mulher, em apoio às políticas públicas de atendimento, proteção e acolhimento das mulheres em todo estado.
A Prefeitura de Garça enviou representantes da SEMADS - Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social. Estiveram presentes a Secretária da pasta, Hélide Parrera, e a assistente social e coordenadora de documentação da secretaria, Lílian Soares Gamba.
O projeto Casa da Mulher terá 20 unidades regionais nesta primeira fase com investimento total do Governo do Estado de R$ 14.500.000,00 (quatorze milhões e quinhentos mil reais). Para a segunda fase do projeto estão previstas outras 20 casas.
Os prédios de cada unidade serão erguidos por meio de convênios a serem firmados entre a SDR e municípios das diversas regiões administrativas do estado. Para receber o equipamento, as cidades devem obrigatoriamente possuir o Conselho Municipal da Mulher constituído e fazer a adesão ao programa. Garça já constituiu o Conselho e vai estudar o projeto para conhecer a viabilidade de implantação.
Cada uma das casas receberá investimento de R$ 725.000,00 (setecentos e vinte e cinco mil reais) e os projetos, desenvolvidos pela CDHU - Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano -, contarão com salão principal e palco destinados a conferências e cursos em geral, salas de atendimento, brinquedoteca, área de gastronomia, sanitários e depósito para manutenção e limpeza. Entre os serviços previstos estão atendimento psicológico, social e jurídico, realizado por equipe multidisciplinar, além de ações de apoio ao empreendedorismo, trabalho e renda.
O projeto da Casa da Mulher em São Paulo vai envolver um total de seis secretarias estaduais e o objetivo é oferecer um espaço adequado para o desenvolvimento de políticas públicas com enfoque regionalizado, que possa garantir acolhimento às mulheres vítimas de discriminação e violência, além de promover encorajamento e capacitação para geração de emprego e renda. As ações serão desenvolvidas pela Secretaria de Desenvolvimento Regional em parceria com as pastas da Justiça e Cidadania, Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Econômico, Segurança Pública, Direitos da Pessoa com Deficiência e Saúde.
Capacitação e geração de renda
A Secretaria de Desenvolvimento Econômico vai disponibilizar 11 mil vagas (presenciais e virtuais) do SP Tech Mulher para as cidadãs atendidas pelo projeto Casa da Mulher em São Paulo. Por meio do programa, elas terão a oportunidade de participar de cursos gratuitos de formação continuada na área de Tecnologia da Informação.
Além disso, a SDE também vai promover, dentro das unidades, ações do programa Empreenda Mulher, que incentiva a autonomia financeira possibilitando oferta de 26 mil vagas de qualificação empreendedora, em parceria com o Sebrae e a Aliança Empreendedora, disponibilização de R$ 50 milhões em microcrédito em 2021 e outras ações para geração de renda. Com as iniciativas, a meta é atender 37 mil mulheres na Casa da Mulher nos próximos 12 meses.

 
Autor: Fábio Bonassa
Local: SECOM - Secretaria de Comunicação
Seta
Versão do Sistema: 3.1.7 - 02/12/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia