Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
CIDADÃO
CIDADÃO
EMPRESA
EMPRESA
SERVIDOR
SERVIDOR
TRANSPARÊNCIA
TRANSPARÊNCIA
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Atendimento whatsApp
Rede Social Canal de Notícias no WhatsApp
Rede Social Tiktok
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
04
04 ABR 2024
SAÚDE
643 visualizações
Combate ao HIV/AIDS em Garça: uma jornada de prevenção e cuidado
enviar para um amigo
receba notícias
Município registrou 51 casos de 2001 a 2024
De 2001 a 2024, o município de Garça registrou 51 casos de HIV/AIDS entre adultos. Destes, a maioria foi identificada em homens, com 34 notificações, enquanto 17 foram em mulheres. A faixa etária mais afetada está entre 34 a 49 anos. Atualmente, 35 pessoas diagnosticadas com o HIV estão vivas, 13 faleceram devido à AIDS e 3 por outras causas.
 
Entendendo o HIV/AIDS
O HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) é transmitido por via sexual, sanguínea e pelo leite materno. A infecção pode levar à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS). Esta síndrome é caracterizada pelo aparecimento de sinais e sintomas de infecções oportunistas, como pneumonias, toxoplasmose, hepatites virais, tuberculose, entre outras, pois o vírus ataca as células de defesa do organismo.
 
Diagnóstico e tratamento
O diagnóstico do HIV pode ser feito de forma rápida e o tratamento envolve o uso contínuo de antirretrovirais, disponibilizados gratuitamente pelo SUS. O acompanhamento médico é fundamental para evitar o avanço da doença e reduzir o risco de transmissão.

O que fazer em caso de exposição ao vírus?
Ao passar por uma situação de risco e exposição ao vírus é preciso realizar o teste rápido, o aconselhamento e o direcionamento do caso. São realizados o teste de HIV, de hepatites e outras doenças. Em algumas ocasiões a pessoa usará medicamentos antirretrovirais com o objetivo de reduzir o risco de infecção.
São exemplos de situações de risco a relação sexual desprotegida (sem o uso de preservativo ou quando acontece seu rompimento); acidentes com instrumentos perfurocortantes onde haja contato direto com sangue ou com material biológico e em casos de violência sexual.
Se a pessoa passou por alguma destes exemplos deve procurar uma Unidade de Saúde, a UPA 24h ou CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento) para realizar o teste rápido, o aconselhamento e direcionamento do caso. 
 
Recursos disponíveis em Garça
O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Garça, localizado na Rua Brigadeiro Machado, 301, bairro Williams, é um apoio valioso, oferecendo testes rápidos, tratamento e acompanhamento para pessoas vivendo com HIV/AIDS. Além disso, a UDM (Unidade Dispensadora de Medicamentos), dentro da Central de Assistência Farmacêutica, na rua Brigadeiro Machado, 244, bairro Williams, assegura o acesso contínuo à medicação necessária para o tratamento.

Fonte: dados retirados do SINAN NET.
 
Informações compiladas por Vanessa Mariana Rodrigues, Enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Prefeitura Municipal de Garça.

 

 
Fonte: SECOM - Secretaria de Comunicação e Eventos
Autor: Fábio Bonassa
Local: Garça
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia