Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
21
21 JUN 2022
CULTURA
127 visualizações
Ponto Mis #CineCiência com "Sociedade dos poetas mortos"
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
Debate será transmitido dia 21 de junho gratuitamente pelo canal no youtube à partir das 20h.
O #CineCiência, programa do MIS que promove debates de filmes à luz da ciência, aborda na edição de junho o filme “Sociedade dos poetas mortos” (dir. Peter Weir, EUA, 1990, 128 min, 12 anos), em especial o tema da educação, que se torna cada vez mais essencial para se discutir a realidade brasileira. Como melhorar a qualidade do ensino em nosso país? 

Participam do debate, mediado por José Luiz Goldfarb, os especialistas Claudia Costin, fundadora e diretora do Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getulio Vargas (CEIPE FGV), o físico e professor Luis Carlos Menezes e o professor e epidemiologista Naomar de Almeida Filho.  

O debate será realizado no dia 21 de junho, terça-feira, às 20h no canal do MIS no YouTube. A participação é gratuita e há interpretação em libras.

Sobre o filme
Sociedade dos poetas mortos 
(dir. Peter Weir, EUA, 1990, 128 min, 12 anos)
O novo professor de Inglês John Keating é introduzido a uma escola preparatória de meninos que é conhecida por suas antigas tradições e alto padrão. Ele usa métodos pouco ortodoxos para atingir seus alunos, que enfrentam enormes pressões de seus pais e da escola. Com a ajuda de Keating, os alunos Neil Perry, Todd Anderson e outros aprendem como não ser tão tímidos, seguir seus sonhos e aproveitar cada dia. 

Sobre os convidados
Claudia Costin é fundadora e diretora do CEIPE FGV – o Centro de Políticas Educacionais da Fundação Getulio Vargas, Rio de Janeiro. Foi diretora global de educação do Banco Mundial, membro da Comissão Global sobre o Futuro do Trabalho da Organização Internacional do Trabalho (OIT). É professora visitante da Faculdade de Educação da Universidade de Harvard e foi professora da PUC-SP, do Insper e da Enap (Canadá). Foi ministra da Administração e Reforma do Estado, secretária de Cultura do Estado de São Paulo e secretária de Educação do município do Rio de Janeiro. É articulista da Folha de S.Paulo e cofundadora do movimento da sociedade civil Todos Pela Educação. Integra, desde o final de 2020, o UIL – Instituto para Aprendizagem ao Longo da Vida – Institute for Lifelong Learning – da Unesco e o Conselho da Qatar Foundation. 

Luis Carlos Menezes é bacharel em Física (Universidade de São Paulo -1967), mestre em Física (Carnegie Mellon University, 1971), doutor em Física (Universitat Regensburg, 1974), professor sênior do Instituto de Física da Universidade de São Paulo e orientador do programa de Pós-graduação Interunidades em Ensino de Ciências da Universidade de São Paulo. Atua na área de Educação, em formação de professores, ensino básico, ensino de física e de ciências. Recentemente, lançou a obra “Educar para o imponderável: a ética da aventura”, livro que dialoga com o filme que será debatido. 

Naomar de Almeida Filho é professor titular de Epidemiologia aposentado – Instituto de Saúde Coletiva da UFBA. Ph.D. em Epidemiologia. D.Sc. Honoris Causa: McGill University. Foi professor visitante no Instituto de Estudos Avançados da USP, titular da cátedra de Educação Básica, onde desenvolveu estudos sobre a relação entre universidade, história e sociedade. Professor visitante em várias universidades: UNC-Chapel Hill, UC-Berkeley, Universidad Nacional de Lanús, Université de Montreal e Harvard University. Pesquisador I-A do CNPq. Foco de atividade científica: epidemiologia social em saúde mental. Autor de livros sobre metodologia e epistemologia no campo da Saúde Coletiva. Foi reitor da Universidade Federal da Bahia (2002-2010) e da Universidade Federal do Sul da Bahia (2013-2017).  

Sobre o mediador
José Luiz Goldfarb possui graduação em Física pela Universidade de São Paulo (1978), mestrado em Filosofia e História da Ciência – McGillUniversity, Canadá (1980) e doutorado em História da Ciência pela Universidade de São Paulo (1992). Atualmente é professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, vice-coordenador do Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência para o Biênio 2018/2019 e presidente da Cátedra de Cultura Judaica da PUC SP. É ainda conselheiro Museu Judaico de São Paulo e membro Honorário da Academia Paulista de Educação. 

 
Autor: Divulgação
Local: SECOM - Secretaria de Comunicação e Eventos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia