Quarta, 14 Junho 2017 20:12

“Lixo no Lixo” é a primeira campanha da Turminha do Bem

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

 
Fundo Social de Solidariedade de Garça envolve as crianças em ação de cidadania

Os alunos do 5º ano das Escolas Públicas Municipais estão engajados em uma campanha de cidadania a convite do Fundo Social de Solidariedade. Eles irão fazer um desenho para despertar a consciência das pessoas sobre a destinação correta do lixo. Por isso a campanha recebeu o nome de “Lixo no Lixo”.

O concurso de desenho funciona da seguinte forma: de cada 5º ano sairá um desenho vencedor que concorrerá com os demais desenhos da escola. De cada escola saíra um vencedor. O desenho escolhido dentre todas as escolas, será impresso em forma de panfleto que será distribuído nos dias do Cerejeiras Festival pelos escoteiros do Grupo Santo Antônio de Garça. As crianças vencedoras serão premiadas e todos os alunos participantes receberão certificados.

Todas as salas de aula de 5º ano foram visitadas, incluindo as escolas da zona rural e Jafa. Os alunos foram convidados a participar pela presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cláudia Furlaneto dos Santos, juntamente com um dos coordenadores do Cerejeiras Festival, Washington Martins, que também é representante do Grupo de Escoteiros Santo Antônio.

Segundo a primeira-dama, a ideia partiu da observação de como o lago fica após os eventos.  “Nós notamos que a hora que acabam as festas, o lixo fica espalhado. Eu tenho certeza de que as crianças serão agentes multiplicadores e vão conseguir conscientizar as pessoas sobre a importância da destinação correta do lixo. A recepção dos alunos foi fantástica e nos dá a certeza de que fizemos a escolha certa em convidá-los para a Turminha do Bem, um projeto terá mais ações durante o ano também”, explicou.

Ainda segundo Cláudia dos Santos, a campanha é a primeira ação do Projeto Turminha do Bem, criado pelo Fundo Social para trazer as crianças e adolescentes do município para somar as campanhas e ações sociais desenvolvidas na cidade.

Para os organizadores do Cerejeiras Festival a parceria com o Fundo Social, a Secretaria de Educação do Município e os Escoteiros, colabora muito para a conscientização dos visitantes da festa. “Na verdade, a melhor forma de conscientizar é o exemplo dado. Então, se o exemplo é dado pelas crianças, com certeza os adultos acostumarão também a agir da mesma forma, colocando o lixo no lugar certo, aprendendo a separar e a valorizar a reciclagem. É a comunidade participando daquilo que é feito para ela”, enfatizou Washington Martins.

Os diretores das escolas também aprovaram a campanha “Lixo no Lixo”. Para Maria Aparecida Afonso Rodela, diretora da EMEF “Prof. Edson José Puga”, as crianças estão felizes em participar da campanha. “Eu percebi o brilho no olhar das crianças e como elas ficaram felizes. São elas que vão conscientizar os adultos. Eu achei uma brilhante ideia, porque também vem ao encontro do projeto de lixo reciclado que trabalhamos com os alunos”.

Os panfletos que serão distribuídos pelos escoteiros durante a festa também terá o apoio do Cerejeiras Sustentável. “Este ano nós temos ações durante a festa que irão ajudar bastante essa questão da diminuição do lixo. Temos o apoio da CooperGarça, que estará fazendo o recolhimento de todo o lixo durante o Cerejeiras Festival. Também queremos incentivar a população para a coleta seletiva, por isso, teremos os tambores de coleta seletiva”, explicou o coordenador da festa.

Cláudia dos Santos agradeceu a receptividade de todos. “Obrigada a todas as Emefs nas pessoas dos diretores, professores e alunos por nos receberem tão bem e abraçarem com tanta alegria e motivação o projeto. Temos certeza de que esta é uma semente na tentativa de fazer germinar a solidariedade e a consciência de comunidade desde cedo”, finalizou a presidente do Fundo Social de Solidariedade.