Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
09
09 DEZ 2021
SAÚDE
448 visualizações
Saúde alerta para que a população não se esqueça da dengue e elimine os criadouros do mosquito
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
No período de chuva e calor os cuidados devem ser redobrados para evitar a proliferação do mosquito
É nesta época do ano, com o aumento do calor e das chuvas, que inicia o período de alerta e preocupação com a proliferação do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. A Prefeitura orienta sobre os cuidados, que devem ser mantidos o ano todo, mas que precisam ser redobrados agora para eliminar os criadouros, pois a fêmea do mosquito deposita seus ovos nos recipientes e os mesmos sobrevivem por até um ano em ambientes secos. Quando entram em contato com a água terminam o ciclo de desenvolvimento e a proliferação aumenta.
É por isso que os casos de dengue aumentam nos períodos de maior incidência de chuva, pois quanto maior for o número de mosquitos, também é maior a probabilidade de novas contaminações.
Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, Garça registra 209 casos confirmados de dengue desde o início do ano, porém, para que a situação continue sob controle é necessário que a população cuide de suas casas, eliminando locais que possam armazenar água e servir como criadouro. Eles podem variar de uma simples tampinha, caco de vidro, garrafa ou sacola plástica ao relento, até recipientes maiores, como caixas d´água destampadas, calhas, piscinas, pneus, entre outros.
As equipes da saúde fazem diariamente o controle de criadouros nas residências, porém, sem a colaboração da população é impossível evitar a proliferação do mosquito e novos casos de contaminação.
Autor: Ana Lúcia Bez
Local: Secom - Secretaria de Comunicação e Eventos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia