Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
CIDADÃO
CIDADÃO
EMPRESA
EMPRESA
SERVIDOR
SERVIDOR
TRANSPARÊNCIA
TRANSPARÊNCIA
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Tiktok
Rede Social Twitter
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
12
12 AGO 2022
MEIO AMBIENTE
SAAE
258 visualizações
SAAE apresenta diagnóstico da drenagem e dos resíduos sólidos em audiência pública
enviar para um amigo
receba notícias
A segunda audiência pública da autarquia apresentou a população os dados coletados sobre as áreas de resíduos sólidos e a drenagem em área rural e urbana.
A Prefeitura, por meio das secretarias de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA) e Planejamento e Desenvolvimento Urbano, e o Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (SAAE) realizaram na última terça-feira, dia 9, audiência pública para apresentação dos diagnósticos de drenagem e de resíduos sólidos do município, e posterior prognóstico e elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), em comprimento à Lei Federal 11445/2007.
A explanação sobre a drenagem foi feita pela coordenadora do Grupo Executivo Local do PMSB e engenheira do SAAE, Cristiane de Farias e, sobre resíduos sólidos pela bióloga da SAMA, Erika Buchignani. O objetivo foi apresentar à comunidade a situação existente e as fragilidades dos sistemas que compõe o saneamento básico. “Os diagnósticos apresentados sobre a situação da água, esgoto, drenagem e resíduos sólidos vão servir de base para definição de objetivos, metas, programas, projetos e ações para melhoria dos sistemas nos próximos 10 anos”, explicou a coordenadora Grupo, Cristiane de Farias.
Segundo destacou o Prefeito João Carlos dos Santos, que abriu a audiência, é imprescindível que o município apresente e discuta junto com a comunidade as fragilidades do saneamento e as formas de custeio para a atacar todos os problemas apontados nos relatórios. Enfatizou ainda a atuação do Consórcio Intermunicipal do Centro-Oeste Paulista (CICOP), formado pelos municípios de Álvaro de Carvalho, Alvinlândia, Fernão, Gália, Garça, Guarantã, Júlio Mesquita e Lupércio que visa solucionar tecnicamente a coleta e a disposição final dos resíduos sólidos, e o trabalho realizado pelos Recicleiros que ainda está em fase de implantação e ajustes.
No tocante à drenagem, afirmou que são problemas que remontam há muitos anos e que, infelizmente, houve um vácuo de responsabilidade sobre o sistema. “Necessitamos de uma restruturação interna e da revisão do Plano Diretor contemplando o Plano de Saneamento, em especial a drenagem”, frisou.
Na oportunidade o Diretor do SAAE, André Pazzini Bomfim, defendeu a importância de se estabelecer cenários prospectivos que apontem para aonde o município quer chegar e quais serão os planos de investimentos para os próximos anos para um desenvolvimento sustentável.
Também participaram da audiência pública, o Vice-Prefeito Flávio Peres, a secretária da SAMA, Maria Thereza Ricci Sartori, o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Daniel Piola, que reforçaram o valor das audiências e, principalmente, da participação de todos. O evento contou ainda com a presença de servidores públicos e representantes da comunidade.
Outras duas audiências serão realizadas em novembro para finalização do Plano Municipal de Saneamento Básico. Os relatórios estão à disposição para consulta nas páginas oficiais da Prefeitura e do SAAE.   
 
Assinatura 4 logos
Autor: Assessoria SAAE
Local: SECOM - Secretaria de Comunicação e Eventos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia