Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
CIDADÃO
CIDADÃO
EMPRESA
EMPRESA
SERVIDOR
SERVIDOR
TRANSPARÊNCIA
TRANSPARÊNCIA
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Tiktok
Rede Social Twitter
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
21
21 JUL 2022
AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO
MEIO AMBIENTE E AGRICULTURA
229 visualizações
Atenção contra a Raiva de Herbívoros
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
A Coordenadoria de Defesa Agropecuária divulga o Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros (PECRH) e ao monitoramento de ocorrências envolvendo espécies invasoras (Javali)
O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo, desenvolve o Programa Estadual de Controle da Raiva dos Herbívoros dentro do estado paulista.
 
O Programa visa proteger os rebanhos suscetíveis à doença, mediante vacinação, o controle dos transmissores e do trânsito de animais, desenvolvendo um sistema eficaz de vigilância epidemiológica e estimulando a participação comunitária na defesa sanitária animal, diminuindo o agravo à produção pecuária e preservando a saúde pública.
 
A raiva causa prejuízos aos produtores, pela morte de animais, além da espoliação pelo morcego transmissor hematófago. Para o Estado, os prejuízos decorrem de gastos com diagnósticos, vacinas e pessoal que atua na prevenção da doença. A doença é considerada pela comunidade internacional como um fator de depreciação do produto produzido em terras paulistas.
 
Sendo uma zoonose, a raiva representa também sérios riscos à saúde pública, pois pode ser transmitida para o homem e necessita que seja feito o acompanhamento vacinal da pessoa mordida.
 
A presença do javali em território paulista representa importante ameaça ambiental, econômica e social, conforme indicado na Deliberação CONSEMA nº 30/2011 (SÃO PAULO, 2011) e de acordo com relatório do Grupo de Trabalho criado pela Resolução SAA nº 42, para estudar os impactos ambientais, sociais e econômicos da expansão populacional dessa espécie no estado.
 
A expansão desses animais está colocando em risco a conservação dos ecossistemas, em especial a biodiversidade nativa, a saúde pública e a integridade da economia agroindustrial do Estado de São Paulo e do Brasil como um todo, sendo justa a implementação de ações efetivas, eficazes e eficientes de prevenção, monitoramento e controle da população dessa espécie exótica invasora, de forma convergente e complementar ao Plano Nacional de Prevenção, Controle e Monitoramento do Javali (IBAMA, 2017) coordenado pelos Ministérios do Meio Ambiente e de Agricultura e Abastecimento.
 
Para maiores informações procure o Inspetoria de Defesa Agropecuária de Garça - IDA de Garça, que está localizado rua Sargento Wilson Abel de Oliveira, 583, de segunda a sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h, ou pelo telefone (14) 3471-1033.

 
Assinatura 4 logos
Autor: Andreza Levorato Sega
Local: SECOM - secretaria de Comunicação e Eventos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.7 - 04/10/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia