Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
CIDADÃO
CIDADÃO
EMPRESA
EMPRESA
SERVIDOR
SERVIDOR
TRANSPARÊNCIA
TRANSPARÊNCIA
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Atendimento whatsApp
Rede Social Notícias no Telegram
Rede Social Canal de Notícias no WhatsApp
Rede Social Tiktok
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
31
31 JUL 2023
CULTURA
379 visualizações
O Rapto de Narizinho dias 18 e 19 no Teatro
enviar para um amigo
receba notícias
Retire seu ingresso com antecedência na Biblioteca
Nos dias 18 de agosto, às 14h30, e dia 19 de agosto, às 16h, no Teatro Municipal Sala Miguel Mônico receberá o espetáculo “Sítio do Pica Pau Amarelo: O Rapto de Narizinho”, interpretado pelo grupo teatral Trapiche, com duração de 60 minutos e classificação livre. 

A apresentação foi contemplada pela Lei Rouanet de incentivo à cultura, tendo como patrocínio a empresa garcense Garen Automação. 

A entrada é gratuita, mas os ingressos devem ser retirados com antecedência na Biblioteca Doutor Rafael Paes de Barros. O atendimento ao público no espaço acontece de segunda a sexta, exceto feriados, das 8h às 11h e das 13h às 17h, localizada na avenida Doutor Rafael Paes de Barros, 522. Para mais informações e sobre a disponibilidade de ingressos, ligue para 3471-1616.

O grupo Trapiche apresenta um novo olhar para a obra de Monteiro Lobato, com direção de Paula Flaibann e músicas originais compostas por Vinícius Loyola. Os cenários são de Eriko Carvalho e objetos cênicos e figurinos criados por Danilo Cruz. Venha se divertir em uma experiência inesquecível, com gosto de infância.

“O Rapto de Narizinho” se passa em um dia como outro qualquer, em que Narizinho, Pedrinho, Emília e Visconde estão brincando e recebem uma visita inesperada. A Cuca está ali na redondeza, rapta Narizinho e joga um feitiço no sítio. Dentro de pouco tempo, todos vão virar pedra. Para desfazer o feitiço e salvar Narizinho, eles precisam encontrar os 4 elementos da natureza: água, terra, fogo e ar. É nessa aventura que Emília e Pedrinho saem para resgatar Narizinho, contando com as ajudas do Saci, Iara e Curupira. A história é recheada de suspense, humor, ação e muita música, com versões exclusivas para o espetáculo.

O clássico e o contemporâneo se unem em uma aventura inédita do Sítio do Pica Pau Amarelo, escrita especialmente para o Grupo Trapiche de Teatro. Com dramaturgia de Marcos Ferraz o espetáculo ‘Sítio do Pica Pau Amarelo – O Rapto de Narizinho’ nasceu do desejo do grupo em contar a já popular história com outros recursos. Essa releitura para os dias atuais é visível principalmente na estética da peça, que conta com personagens que saem do convencional – tanto na interpretação, quanto no figurino.

“As caracterizações da Emília e da Cuca, por exemplo, são mais minimalistas e um mesmo ator se reveza entre Saci, Curupira e Visconde. A ideia é que as crianças criem suas próprias interpretações sobre quem podem ser”, pontua Marcos Okura, diretor artístico do espetáculo.

O desafio da companhia – que tem como essência de seus estudos encontrar pontos de intersecção entre o teatro musical, o cinema e o teatro clássico ou teatro de texto – foi encontrar caminhos para contar uma história com novos elementos.

Neste sentido, a versão musicalizada – que tem coreografia de Renata Cristina – conta com projeções de cenários compostos por blocos de madeira em formatos diferentes, semelhantes a um jogo de lego, que criam um clima diferente para cada ambientação. 

Os cenários e figurinos são assinados por Marcia Fossa e Thiago Paiva. Para Okura, a música ajuda a contar a trajetória dos personagens, trazendo reflexões sobre suas intenções e dando ênfase para qualidades como coragem e amizade. “O objetivo é colocar as crianças dentro da história, permitindo com que elas vivam a aventura da forma mais lúdica possível”, finaliza 

O Rapto de Narizinho é recheada de suspense, humor, ação e muita música, com versões exclusivas para o espetáculo.
 
Assinatura 4 logos
Canais Oficiais da Prefeitura de Garça:
Site: garca.sp.gov.br
Telegram: canal de notícias t.me/prefeituragarca
WhatsApp: canal de notícias https://chat.whatsapp.com/J34bEXYO8hQJZeGsuYqo2O.
Instagram: instagram.com/prefeituragarca
Facebook: facebook.com/prefeituragarca
Twitter: twitter.com/prefeituragarca
TikTok: tiktok.com/@prefeituragarca
Youtube: youtube.com/@prefeituragarcasp
Fonte: SECOM - Secretaria de Comunicação e Eventos
Autor: Andreza Sega
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia