Ir para o conteúdo

Prefeitura de Garça - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
CIDADÃO
CIDADÃO
EMPRESA
EMPRESA
SERVIDOR
SERVIDOR
TRANSPARÊNCIA
TRANSPARÊNCIA
Prefeitura de Garça - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Atendimento whatsApp
Rede Social Canal de Notícias no WhatsApp
Rede Social Tiktok
Rede Social Youtube
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
02
02 ABR 2024
CAMPANHA MENSAL
158 visualizações
Campanha: Abril Azul - Conscientização e Visibilidade sobre o Autismo
enviar para um amigo
receba notícias
O diagnóstico deve ser feito através de profissionais.

No mês de abril é pontuado por várias campanhas informativas, entre elas o Abril Azul, destinado a conscientizar as pessoas sobre o autismo, assim como dar visibilidade ao Transtorno do Espectro Autista (TEA). Em 2007, a ONU (Organização das Nações Unidas) declarou o dia 2 de abril como o Dia Mundial da Conscientização do Autismo.

Porque azul?
A cor azul foi escolhida como um dos símbolos do autismo, porque a maioria dos diagnósticos de autismo é de pessoas do sexo masculino. O sexo feminino apresenta um número menor e um dos motivos é a dificuldade do diagnóstico, pois muitos dos critérios de avaliação foram desenvolvidos baseados nos padrões de diagnóstico masculino.

Mas esse não é o único motivo, especialistas perceberam que a cor azul transmite calma e tranquilidade para os autistas. E pode ajudar em momentos em que o autista esteja em uma situação de sobrecarga sensorial.

Autismo:
O autismo ou Transtorno do Espectro do Autismo é caracterizado por alterações no desenvolvimento, déficit na comunicação, interação social e comportamental de crianças e adultos. Foi no ano de 2014, que pesquisadores do Projeto Genoma descobriram que  o gene TRPC6 está relacionado com a predisposição ao autismo.

O autismo pode ser identificado ainda nos primeiros anos de vida, embora o diagnóstico de um profissional seja dado apenas entre os 4 e 5 anos de idade. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, o TEA é um transtorno de desenvolvimento neurológico, caracterizado pela dificuldade de comunicação e/ou interação social.

O diagnóstico precoce em autista é de extrema importância para a eficiência do tratamento.

Algumas características como: dificuldade de interação social, dificuldade em se comunicar, hipersensibilidade sensorial, desenvolvimento motor atrasado e comportamentos repetitivos ou metódicos podem identificar a presença do TEA.

Os casos de autismo podem ser muito diferentes uns dos outros, isso porque este transtorno se distribui dentro de um espectro, uma gradação, o que muitas vezes pode dificultar o diagnóstico, já o que os sinais variam muito. O autismo funciona em níveis, ou seja, ele pode se manifestar de forma leve até uma forma mais severa. Esse diagnóstico detalhado será dado por um profissional da saúde.

Alguns dos sinais que podem ser observados como indícios são: a falta de contato visual; repetir frases ou palavras que ouviram de outras pessoas ou mesmo da TV (conhecida como ecolalia), interesse profundo e restrito a um ou alguns assuntos específicos (hiperfoco). Em alguns casos, os autistas podem não falar, sendo não verbais.

Fonte: Ministério da Saúde
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia